terça-feira, 21 de março de 2017

A Palavra de Deus excede todas as ciências



A Palavra de Deus excede todas as ciências. O homem que é chamado de filósofo, mas não lê os livros de filosofia é envergonhado; o mesmo ocorre com aquele que é chamado de advogado, astrônomo ou físico, que seja ignorante dos livros de direito, astronomia e física. Ora, alguém que professa a Cristo e sua religião, pode não se dedicar (o máximo que puder ou for conveniente) a ler e ouvir, e assim conhecer os livros do evangelho e da doutrina de Cristo? Ainda que outras ciências sejam boas e devam ser aprendidas, o que nenhum homem pode negar, entretanto, a ciência de Cristo é essencial e ultrapassa todos os outros conhecimentos de modo incomparável. Que desculpas daremos, então, no último dia diante de Cristo, se nos deleitarmos em ouvir fantasias e invenções humanas mais do que nos deleitamos em seu santíssimo evangelho? E não encontraremos tempo para fazer o que devemos principalmente (sobre todas as coisas), se preferirmos ler outras coisas em vez da Palavra de Deus, pela qual deveríamos, antes, deixar todas as demais leituras. Portanto, apliquemos a nós mesmos, enquanto tivermos tempo e descanso, a conhecer a Palavra de Deus, por meio de ouvi-la e lê-la com diligência, se nós professamos a Deus e temos fé e confiança nele.
Desculpas vãs dissuadem do conhecimento da Palavra de Cristo. Aqueles que não têm boa afeição pela Palavra de Deus dão comumente duas desculpas vãs para disfarçar essa sua culpa. Alguns vão se desculpar por sua fraqueza e medo, dizendo que não se atrevem a ler as Sagradas Escrituras, pois temem que por sua ignorância não caiam em algum erro. Já outros fingem que a dificuldade de compreender a Palavra de Deus e a complexidade dela é tão grande, que é necessário ser lida apenas por pastores e homens eruditos.
Quanto à primeira desculpa, a ignorância da Palavra de Deus é a causa de todo erro, como o próprio Cristo afirmou aos saduceus, dizendo que eles erravam porque não conheciam a Escritura (Mateus 22.29). Como as pessoas evitarão o erro, se continuam sendo ignorantes? E como sairão da ignorância, se não leem ou ouvem aquilo que pode guia-los ao conhecimento? Aquele que nesse momento tem o maior conhecimento, já foi inicialmente ignorante; ainda assim, ele não se absteve de ler por temer cair em erro, mas leu diligentemente para que não permanecesse em ignorância, e pela ignorância, no erro. E se você não conhece a verdade de Deus (a coisa mais necessária) para que não caia em erro, pelo mesmo motivo você pode ficar deitado e nunca caminhar, para que não venha a cair na lama; nem coma nenhuma boa comida, para que não venha a se engasgar; nem semeie a sua semente, nem trabalhe, nem estoque, para que não corra o risco de perder a sua semente, seu trabalho e sua provisão. Seria melhor você viver na ociosidade, e nunca fazer qualquer coisa boa, para que algo de ruim não venha a lhe ocorrer.

Nenhum comentário:

Jerusalém, Capital de Israel

A decisão do presidente dos Estados Unidos de assinar o reconhecimento oficial da cidade de  Jerusalém  como a capital de Israel, além ...